PROMOÇÃO: Pacotão de Férias do Leitor Voraz!

Hoje, 7 de janeiro, para quem não sabe, é dia do leitor. Logo… meu aniversário!!

Pra comemorar, vou premiar um de vocês com um baita pacotão de férias, assim vocês aproveitam o tempinho livre pra ler ótimos livros do Grupo Ediouro.

A promoção vai funcionar da seguinte maneira:

Crie uma frase super criativa contendo o nome dos melhores livros que você leu no ano de 2008.

Premiação:

Quem criar a resposta mais criativa ganhará um pacotão de livros para se deliciar nas férias. Somente uma pessoa receberá 5 (cinco) livros, sendo:

  1. Minha vida de stripper – Diablo Cody
  2. Voando para o sucesso – Jorge Linhares
  3. Diga trinta e três – Dr. Nick Trout
  4. O Santuário – Raymond Khoury
  5. O livro dos políticos – Heródoto Barbeiro e Bruna Cantele

Olha a foto dos livros do pacotão aí:

pacotao-de-ferias

Regulamento:

  1. A promoção começa às 12h* do dia 7 de janeiro e termina às 12h* do dia 9 de janeiro (*Horário de Brasília);
  2. Coloque o nome dos livros sempre entre aspas, assim eu identifico o nome dos livros mais facilmente;
  3. Comentários enviados após o horário não serão aceitos;
  4. É permitido a participação de uma mesma pessoa com várias frases;
  5. A resposta que tiver nomes de livros que não existem, não estará apta para concorrer ao prêmio.

Agora é só botar a cachola pra funcionar, tirar a poeira daqueles livros que você leu durante todo o ano passado e fazer aquela frase maneira.

[Momento clichê brabo mode on]

O aniversário é meu, mas quem ganha o presente é você!

[Momento clichê brabo mode off]

111 Respostas to “PROMOÇÃO: Pacotão de Férias do Leitor Voraz!”

  1. Vitória Says:

    Trabalho com um editora e gostaria de saber como fazemos para lhe enviar livros para você sortear para os seus leitores.

  2. Henrique Martins Says:

    Os “Anjos e Demônios” de “Dexter” fazem “O Homem Que Matou Getúlio Vargas” parecer um mero “Caçador de Pipas”. O que faz a gente ver que é preciso ter “Calma no Caos”.

  3. Ramon Silva Says:

    De repente um “Big Bang”! Me tornei um cara extremamente “Abusado”. Não tinha qualquer escrúpulos para enfrentar os outros depois de me sentir livre das baixezas da ignorância. Mais me assemelhava ao Capitão Nascimento da “Elite da Tropa”. Claro que eu não saia desafiando qualquer um por aí, como fazia “Carlos Gracie” – até porque eu sou apenas um discípulo da arte suave. O que eu quero dizer é que com essa “Libertação” que eu senti ao me imergir de corpo e alma no fascinante mundo que o livro me trouxe, acabei enxergando que o “Nosso Lar” não é aqui. Mas fazer o quê?! Enquanto eu não chego lá, vou tocando o meu barco “E a vida continua…”

  4. Becca Chan Says:

    “Filosofando” com “Otelo”, pude descobrir em um “Ensaio Sobre a Cegueira”, que o “Clube dos Anjos” conta a “Odisséia” de “Haroun”, tão viva na “Memória de Minhas Putas Tristes”, relembrada no “Diário de Um Mago”, onde a vida de “Harry Potter” é um “Mundo Sem Fim” em que “Homens são de Marte e Mulheres são de Vênus”.

  5. Thanuci Says:

    Na “Revolução dos bichos” em que vivemos, os animais são todos iguais, mas uns são mais iguais que os outros, por isso, só quem tem “O guia do mochileiro das galáxias” sobreviverá.

  6. Igres Leandro Says:

    Em 2008 vivi “A Metamorfose”, aprendi mais sobre mim, tornei-me alguém melhor e percebi que deixar a vida passar despercebida é “Crime e castigo”. Por isso, em 2009, quero escutar “Cem Sonetos de Amor” ao ouvido, não farei “Muito Barulho por Nada”, e assistirei tudo por um ângulo novo, assim como quem vê com “A luneta Mágica”.

  7. Igres Leandro Says:

    “Que loucura!”, o ano passou voando! Parece que tudo foi “Um passe de Mágica”. E o tempo é mesmo isso, invisível, mágico, incontrolável. Porém, temos de viver nosso próprio tempo, quem sabe “Dar a Volta ao Mundo em 80 Dias” e encontrar a nossa “Ilha do Tesouro”?

  8. Nilda Neves Says:

    Procurei “O vendedor de sonhos” para renovar meu estoque, ele me perguntou “Por que os Homens Fazem Sexo e as Mulheres Fazem Amor?”, respondi que nesse mundo onde “Ninguém é de ninguém” homens e mulheres se igualam, e talvez “O segredo” esteja n“O silêncio dos amantes” que aproveitam seu tempo para “Comer, rezar, amar” e esquecem que têm “1.000 Lugares para Conhecer Antes de Morrer”.

  9. demetrius veiga pereira Says:

    Descobertas é este o lema da ediouro fazer com que voce leitor descubra coisas inimaginaveis como um “codigo da vinci” ou até mesmo um “caçador de pipas” com sérios problemas mais na ediouro você nao encontra só isso aqui você vai encontrar
    “o santuario” da literatura.

  10. Karline Batista Says:

    “Maktub”! Disse “Eugénia Grandet” para “O alquimista”: “Nunca desista de seus sonhos”!

  11. Thais Says:

    No ano passado, conheci “Todo mundo que vale a pena conhecer”. “O segredo”? Ah, tem que saber se relacionar, conversar, “o que toda mulher inteligente deve saber”, sabe? Mas se a vida social foi agitada, a vida a dois também arrasou. Eu e o namô vimos juntinhos um “Eclipse”, foi lindo! Em 2008 experimentei “Sushi” – e odiei. “A Lição Final” do ano foi bem simples, só há 3 coisas fundamentais nessa vida: “Comer, rezar, amar”. O resto é consequência!

  12. Henrique Says:

    Caminhando pel”A terceira margem do rio” “As meninas”, descobriram que “A vida nos bosques” pode ser mais interessante se nem “Todos os nomes” da literatura estiverem presentes. Porém a quantidade de coelhos encontrados só provou o desinteresse das pessoas pela própria “Inteligência emocional”.

  13. Henrique Says:

    Caminhando pel”A terceira margem do rio” “As meninas”, descobriram que “A vida nos bosques” literários pode ser mais interessante se nem “Todos os nomes” da literatura estiverem presentes. Porém a quantidade de coelhos só provou o desinteresse das pessoas pela própria “Inteligência emocional”.

  14. Heloisa Says:

    A menina que roubava livros deixou-me de lembrança guerras como a de Tróia, nas quais casais corajosos provariam a qualquer fotógrafo, médico, carteiro ou poeta que longe é um lugar que não existe.

  15. Wagner de Souza Mattos Says:

    Durante a minha vida nunca tive “Pai Rico Pai Pobre”, mesmo assim eu dizia a ele pai “você é insubstituível” e foi com você que aprendi a viver “a maratona da vida” e com seus ensinamentos, mesmo sem ser rico aprendi o que é necessário na vida para “A lei do triunfo” e com crença e fé, sei que sempre terei “poder sem limites” e quem lê, sabe mais… Obrigado Pai!

  16. Jacqueline Lafloufa Says:

    “Pedro Páramo” perdeu “a chave de casa” no caminho de “volta ao lar”. Ele fugia das “ficções” da vida, da “casa de bonecas” que faziam ao seu redor, do “bestiário” em que vivia. Pedro Páramo vivia a sua própria “crônica de uma morte anunciada”.

  17. Marina Says:

    “A menina que roubava livros” entrou na “Cidade de Deus” com seu “Falcão – Meninos do táfico” sob a roupa que ela copiou da sua “Enciclopédia da Moda – De 1840 À Década de 90” e acompanhada da “Sombra do Vento” descobriu lá que “O paraiso é uma questão pessoal”.

  18. Ana Cristina de Souza Silva Rodrigues Says:

    Conversando com “A Menina que roubava livros” percebi que ela tinha algo que lembra “O Caçador de Pipas” e que não mora n”A Cabana” porque gosta, mas por que n”O Monte Cinco” “O Alquimista” lhe falou que seria melhor se “O Zahir” fosse para longe mas “Eles continuam entre nós” e “Nada é por acaso”, acabando a conversa “Na margem do rio piedra eu sentei e chorei” vendo o lindo “Crepúsculo” seguido da “Lua Nova”.

  19. Henrique Says:

    Caminhando pelo “Novo mundo nos trópicos” “As meninas”, descobriram que “A vida nos bosques” literários pode ser mais interessante se nem “Todos os nomes” da literatura estiverem presentes. Porém a quantidade de coelhos só provou o desinteresse das pessoas pela própria “Inteligência emocional”.

  20. Ariane Freire Says:

    Se “um dia, um viajante numa noite de inverno” devido “A Náusea” precisasse de minha ajuda, contaria “Viagens na minha terra” para distraí-lo, ou da “Divina Comédia” que sempre foi minha vida, e assim fazer com que ele se sentisse melhor.

  21. Valéria Says:

    Paro para ouvir as “Vozes do Deserto” e concluo que melhor é investigar n“As memórias do livro” a coisa certa a escrever para ganhar mais alguns livros, o que não é tão simples assim. Vou falar de amor, “O amor nos tempos da cólera” e talvez fazer uma comparação com a “Memoria de minhas putas tristes” , não, melhor não, um tema polêmico pode suscitar um “Ensaio sobre a cegueira” e ninguém prestará atenção no meu objetivo. Aproveito então o clima de férias para falar sobre viagens, de como chegar até “O Castelo Branco” e observar “A sombra do vento”, que experiência!
    Está bem, já sei, ler é pensar e “Pensar é transgredir”, faço de conta que não quero os livros e não falo mais nada, continuarei a ler, porque todos sabem que no universo dos livros mais importante que ter é se entregar a“O Processo” da leitura.

  22. Diego Amoroso G. Roquette Says:

    Gente, Feliz Ano Novo e ‘Feliz Ano Velho’ pra todos, até porque 2008 foi um ano muito bom para mim, em particular. Foi o ano em que vivi ‘Uma História de Amor’ e que, à partir daí, comecei a fazer ‘Investimentos Inteligentes’, justamente pensando no meu futuro com minha namorada e sabendo que ‘Casais Inteligentes Enriquecem Juntos’, resolvi me empenhar mais nesse meu amor, para que em 2009 ele cresça muito mais. Esse é meu verdadeiro tesouro, meu verdadeiro investimento!!!

  23. haydee Says:

    em 2008, aconteceu a trilogia das crianças tristes: o caçador de pipas, a menina que roubava livros e o menino do pijama listrado.

  24. haydee Says:

    (entre aspas agora. bah) em 2008, aconteceu a trilogia das crianças tristes: “o caçador de pipas”, “a menina que roubava livros” e “o menino do pijama listrado”.

  25. Kaline Says:

    Na “Cidade do Sol” um homem sábio me revelou “O Código da Vida” e me ensinou “O Segredo” do sucesso. Jamais esquecerei suas palavras: “Nunca desista dos seus sonhos”, não se deixe atormentar pelo passado, siga “sempre em frente” porque de você depende “O futuro da humanidade”

  26. Renata Almeida Says:

    ” A Cidado do Sol” é cheia de tristeza,isso por que,ninguém revelou o verdadeiro ” Códico da Vince”para as pessoas tentarem ser otimista,tentando assim “Comer,Rezar e Amar” todas aquelas pessoas que um dia tentou tirar ” O Monge e o Executivo” do seu real caminho,mais,”Eles Continuam entre Nós” para nos ensinar tudo sobre a Vida!!

  27. João Bezerra da Silva Filho Says:

    A biografia do maior ídolo da música pop “Madonna 50 anos” de Lucy O´Brien foi a chave para o show que revolucionou minha vida e agora depois da viagem com a diva estou escolhendo o próximo destino com a Patricia Schultz em 1.000 Lugares Para Conhecer Antes de Morrer!

  28. RICARDO LUIS MANZANO Says:

    Me apaixonei pela “MENINA QUE ROUBAVA LIVROS” e juro que não fiz nenhum julgamento, pois apesar de crescidinho fui “O CAÇADOR DE PIPAS”;Nos tornamos “OS AMANTES DA CHUVA”, e fomos morar na “CIDADE DO SOL”. Por isso, “NUNCA DESISTA DO SEU SONHOS”.
    Mesmo no verão “DIAS MELHORES VIRÃO”…

  29. Luis Says:

    Minha grande “obstinação” em 2008 foi ler e ouvir “canções românticas” para conhecer um escritor alemão, através o seu alter-ego “Demian”. Permaneci d”este lado da vida” praticamente “debaixo de rodas” para conhecer o “pequeno mundo” de Hermann Hesse.

  30. Marcelo Mendonça de Oliveira Says:

    Era uma vez…..”A menina que roubava livros” e amores. Seu nome era “Maysa só numa multidão de amores” e entre estes amores, “Marley e Eu” e como na vida “Nada é por acaso” e todos nós somos iguais, tanto “O monge e o executivo” quanto “Os filhos do Imperador”, tive que manter “A calma no caos”.

  31. Marcelo Mendonça de Oliveira Says:

    CORRIGINDO O NOME DO ÚLTIMO LIVRO

    Era uma vez…..”A menina que roubava livros” e amores. Seu nome era “Maysa, só numa multidão de amores”, e entre estes amores, “Marley e Eu” e como na vida “Nada é por acaso” e todos nós somos iguais, tanto “O monge e o executivo” quanto “Os filhos do Imperador”, tive que manter a “Calma no caos”.

  32. dayse de araujo fontenelle Says:

    Estava eu, lendo “O Código da Vinci”, quando diante de tanta controvérsia, meu subconsciente me perguntou: “Quem é Mais Feliz: Você Ou Seu Cachorro?”… pensei, pensei e queria descobrir ” The Secret – O Segredo”… Quando derrepente pensei..”Meu Nome Não É Johnny”.. então meu subconsciente me disse “Você é insubstituível”, então “Não Leve a Vida Tão a Sério”…pois com “O poder do subconsciente” você pode ir longe……

  33. Renata Cordeiro Says:

    O “codigo da vinci” deveria ser desvendado pela “Bridget Jones” quando ela chegasse no “limite da razao”, que com certeza seria no “Dia em que conhecesse Sophia”.

  34. allan doni navas Says:

    “Stalin” certa vez me disse: não existe “Pai Rico e Pai Pobre”, mas sim um pai que ama sua família e seu cachorro assim como “Marley e Eu”. Entretanto, peço que você aproveite bem a vida pois a “Guerra Fria” está por vir e acabará parando no “País dos Petralhas”.

  35. Fábio Tomaz Says:

    “O iluminado” saguão possuia inúmeras “violetas na janela” alta e larga, que dava para uma área coberta, em que lá um dia compus um poema adormecido, chamado Barbárie Álcali: Fúnebre Carbonato a chorar gotas alcalinas / triste monovalente, ora consciente, ora imprudente / porém, ódio, só o Sódio contém / nem mesmo Rubídio, inimigo do Lítio, tem / enquanto Césio vai além, cuspindo fogo / deixando Potássio fervoroso, invejoso / que nem Bicarbonato de Sódio ousa ser. Foi lá, no saguão daquela escola, “a escola com que sempre sonhei sem imaginar que pudesse existir”, onde descobri que “a verdade de cada um” é incontestável. Foi lá, na Escola da Ponte.

  36. izaias carneiro da silva filho Says:

    Acordei na realidade, usufruindo da melhor literatura e experimentei a melhor de todos os tempos, voando para o sucesso.

  37. aline da silva Says:

    decidi viajar para/cidade do sol/ e tentar descobrir o /caminho da humanidade/ mais nada achei so uma linda/cabana/e la aproveite para ler um livro que ganhei/ educando meninos/guando terminei voltei para o melhor lugar do mundo que e ao lado do meu /pequeno pricipe/.

  38. Thiago Magalhães Says:

    “O Caso dos Dez Negrinhos” ficou pior quando chamaram “O livreiro de Cabul” de “Abusado”. Virou caso de polícia, pois eles viram “Falcão – Meninos do Tráfico”, mas depois de alguns anos o que restam dos negrinhos foram apenas “Cartas Da Zona De Guerra ” da época em que entraram para o tráfico. Que pena que eles não estudaram porque “Tudo Que Eu Devia Saber na Vida Aprendi no Jardim de Infância”, e que sabe eles também.

  39. Débora Says:

    No ano passado era uma pessoa estranha, vivia entre “Anjos e Demônios”, mas este ano de 2009 quero ver “A vida como ela é”, cansei de viver “ Uma vida inventada”, pois meu namorado me trocou pela vizinha; aquela que é mais conhecida como “A cabra vadia”; Mas a vida é isso mesmo, “perdas e ganhos”.

  40. Ramon Says:

    Se “O Pequeno Príncipe” de uma terra distante fosse se apresentar para “A Bruxa de Portobelo”, ele lhe diria: – “Prazeres”. Sou “A Menina que Roubava Livros” do “Zodíaco”; gerando uma situação engraçada e incômoda que, para a graça e a satisfação de todos esses homens que vivem sobre a terra, não seria nada além de uma passagem infame no “Fabulário Geral do Delírio Cotidiano”.

  41. Irene Curcelli Says:

    Ah! Que ” Feliz Ano Velho “!
    Consegui sair daquele lugar, ” A pequena Ilha “, e fui caminhando até a ” Cidade do Sol “, pois sabia que lá estava: “A Doçura do Mundo “.
    O ” Médico de Homens e de Almas ” me curara, ao mostrar que existe ” Um lugar para todos ” e que devemos buscá-lo com o coração, porque o amor não é ” A lenda do Tesouro Perdido “, ele é apenas o caminho que leva ao ” Meu lugar no Mundo “.

  42. Germanie v. de sa Says:

    “Os Anjos e Demônios” me colocam em um “Ensaio sobre a Cegueira”, para o qual ” O Segredo” é se deixar sentir e levar para “O Crepúsculo” da vida e sonhar como um “Caçador de Pipas” apaixonado pela “Menina que Roubava Livros” e se deixar curar pelo “Médico de Homens e de Almas”.

  43. Irene Curcelli Says:

    ” Cem anos de solidão “, será essa minha sina? Só quero encontrar
    ” Todo mundo que vale a pena conhecer “… Por isso estou aqui, ” A espera de um milagre “.

  44. Irene Curcelli Says:

    ” Cem anos de solidão “, será essa minha sina?
    Só quero encontrar: ” Todo mundo que vale a pena conhecer “…
    Por isso estou aqui, ” A espera de um milagre ” .

  45. Cinthya C. Fernandez Says:

    Percebi que o “Segredo” me levariam às “Mãos de Luz”, mesmo fazendo parte do “Querido Diário Otário”, contudo, num instante mágico incindiu o “Crepúsculo” que aos poucos revelou-se na “Lua Nova”.

  46. Adriana Souza Says:

    Vou te contar “O segredo” da felicidade: AMAR! No ano de 2008 cansei d”As Mentiras que os homens contam” e caí nas graças d”O amor entre iguais”. Em uma viagem com meu amor, conheci a “Cidade do sol”, visitei “O livreiro de Cabul” e vi de perto a vitória de Amir, “O Caçador de pipas”.

  47. Carla de Santana Pontes Says:

    No “crepúsculo” de um sábado “minha vida de striper” foi transformada quando conheci “o senhor dos anéis”. “A metamorfose” aconteceu e assim conquistei minha redenção. Hoje “Marley e eu” somos muito felizes.

  48. Ciro Fernandes Says:

    Apesar de não terem sido “1808” os livros que eu li em 2008, considero ter lido bastante. Seja em casa, na praia, no campo, n”A Cabana” ou n”O Castelo na Floresta”, sempre estava de posse do meu fiel escudeiro.
    Além disso, eu tenho um cachorro, chamado Marley. “Marley e eu”, apesar de utilizarmos linguagens diferentes, debatemos conteúdos bibliográficos, sabe-se lá como.
    Apesar de toda a crise, o ano passado foi bom. “Confesso que vivi” muitas emoções diferentes e não deixei de alimentar “Um sonho americano”.

  49. Renata Carolina Castelluber Bellumat Says:

    Viajei pelos diretos: “Constitucional”, “Administrativo”, “Penal”, “Tributário”; visitei “A Cidade do Sol”; contei “O Segredo” de “Marley e Eu”; finalmente procurei “O Caçador de Pipas” para decifrar o “Código de Da Vinci”.

  50. Rosilda Silva de Sá Says:

    Estávamos “Marley & Eu ” visualizando uma paisagem lindíssima aqui do meu bairro,quando de repente ” O caçador de pipas” surgiu em nossa frente,correndo atrás dos seus sonhos,e de uma pipa linda que voava no céu sem destino,uma linda pipa azul que com certeza ele daria a Amir Jan,seu amigo fiel,que mesmo o traindo quando pequenos,lutou por seu filho até salvá-lo,ai me lembrei que eles vinham de terras distantes, ” A cidade do sol”,onde os sonhos de um mundo melhor é proibido,e onde também as mulheres não privadas dos seus direitos de cidadãs,padecendo com homens machistas e cruéis,e dei graças a Deus por viver num país tão maravilhoso onde a democracia impera e desejos e sonhos são respeitados..

  51. Alessandro Agnolin Says:

    Ainda que eu explorasse aventurareiramente o Brasil, andando, correndo, nadando e pedalando, e tivesse 200 anos, como desde 1808, nem assim percoreria o Brasil inteiro e somente com a dialética de Sócrates eu poderia entender o Brasil e escrever O Livro dos Políticos.

  52. Glauber Georgenes Says:

    “Senhora”, “tudo o que você não soube” era “tudo que eu queria te dizer”: “nada dura para sempre”, “faça a diferença””sem medo de viver”.

  53. Rafhael Peixoto Says:

    Acordei. Tudo parecia perfeito para mais uma aventura. “A Cabana”, o clima, o silencio, o ambiente ideal para me lançar nesta nova jornada. Em um ato de bravura sem igual segurei “As memórias do livro” em minhas mãos. Página a página descobria “O segredo” da vida, da existência. Neste pouco tempo de prazer não estive sozinho, tive um companheiro ao meu lado, afinal, era “Marley e Eu”. Ambos descobrindo os novos caminhos que nos levavam “A cidade do sol”. Desperto, a viajem tinha de chegar ao fim. Agora, fecho mais um livro com a certeza de uma evolução, tornei-me uma verdadeira “Fortaleza Digital”. Como disse Heráclito, um homem nunca se banha no mesmo rio mais de uma vez, assim como as correntezas levam-no a um novo rio, um livro me leva a uma descoberta. Uma reverberação do meu “eu”.

  54. Janine C. Says:

    2008 foi quase um “ensaio sobre a cegueira”, vivendo entre “anjos e demônios”, pensei muito sobre “o futuro da humanidade”, descobri que, definitivamente, não sei “como distinguir um amigo de um bajulador”. ”O Estudante” me fez reviver “a droga do amor”, tivemos bons momentos, mas confesso que “fomos maus alunos”, até fiquei conhecida na escola como “a menina que roubava livros”. Com o fim desse ano, senti certa “angústia”, mas temos que aceitar que “nada dura para sempre”. E em 2009 não quero “fazer amigos e influenciar pessoas”, só quero “comer, rezar e amar”.
    “PS:Eu te Amo”

  55. Rone Carlos Says:

    “Em Busca do Sonho” de Heloísa Shüermann foi a melhor obra que li em 2008. Além de despertar meu interesse por outros lugares, pode nortear-me quanto à busca dos meus sonhos. Minha mãe sempre diz: “O mundo dá voltas”, mas com esse livro, percebi que também se pode “Dar voltas no mundo”. Isso é ampliar horizontes, despertar possibilidades e criar mil maneiras de se correr… com pernas, ou sem elas.

  56. Renato D. Says:

    Estava eu “de frente para o sol”, isolado “na natureza selvagem”, quando me dei conta da simplicidade das coisas, onde apenas “comer, rezar, amar” parece não nos completar como indivíduos nessa atual sociedade. Complica-se demais. “A lição final” talvez seja que precisamos de menos barreiras (humanas, sociais, burocráticas), mais união, pois vamos constatando que cada vez mais “o mundo é plano”.

  57. Ana Cláudia Tancredo Ribeiro Says:

    “A caverna” me deu muito medo, mas “A menina que roubava livros” me contou que “O monge e o executivo” estão protegendo a todos que por lá passam. Fiquei mais tranquila depois que ela me contou “O Segredo” e assim pude aprender, e vou-lhe ensinar também: “Não leve a vida tão a sério”.

  58. Michelly Says:

    No fim de tudo eu apenas me sentava para ver o “Crepúsculo”, sonhando com ” A Hora da Estrela”, isso tudo, depois que soube do “Triste fim de Policarpio Quaresma”, mas não me deixei abalar, estava me sentindo ” A menina que roubava Livros”, e no fim, o máximo que consegui ve foi “O idolo Teen”.

  59. Caciano Gabriel Says:

    Vou te contar um “Segredo”, as “Memórias de Minhas Putas Tristes” andam falhando. Outro dia eu, o “Pai Rico [e o] Pai Pobre” estávamos passando perto da “Torre Negra [a] Canção de Susannah” que era o mais novo point da cidade. Achamos que era um lugar de requinte mas encontramos o “Harry Potter” atracado com baita dragão. Entramos e pedimos “100 receitas de drinks”, ficamos olhando o movimento quando chegou o “Dom Quixote” com suas piadinhas, ele até contou aquela do “Por Que as Chinesas Não Contam Calorias” mas ninguém riu, depois ainda queria convencer o Pai Pobre de que “Casais Inteligentes Enriquecem Juntos” ao que ele respondeu que se você quer ficar rico, nem case. No final ainda queria convencer a gente de que conhecia “177 Maneiras de Enlouquecer uma Mulher na Cama”, ah conversa “Pra Boi dormir”.

  60. Marcio Rabello de Andrade Says:

    Nossa! São tantas frases prontas que acho que serei mais criativo se apenas listar o que REALMENTE LI. Assim farei um poema:

    Vi “Quatro gigantes da alma”
    Andarem a esmo
    Sobre a “Fazenda Blackwood”

    Procuravam por um ser chamado “O vampiro Lestat”
    Mas nada encontraram
    Porém tudo o que diziam…
    era a misteriosa charada “Quem mexeu no meu queijo!”

    Vi então levantar de seu tumulo
    “A rainha dos condenados” que… a uma só voz, respondeu:
    Foi um tal de “Harry Potter e o cálice sagrado”
    Pois em minha boca amaldiçoada só se manterá “O silêncio dos inocentes”!

  61. elidiani machado mota Says:

    “O caçador de pipas” disse para “A menina que roubava livros” que “Marley e eu” somos uma dupla perfeita, apesar de ele ser um pouco “Abusado”, parece até que “Anjos e demônios” torcem para que ele faça “Travessuras (como) de uma menina má”.

  62. João de Oliveira Toledo Says:

    “Vale Tudo”,foi o que disse “A Menina que Roubava Livros” ao tentar descobrir “O Segredo” e “Confissões” do “Diário do Chaves”.

  63. Luis Henrique Says:

    Por não ter pensado n”O fururo da humanidade, “Hitler manda lembranças” e sai com “Zero” de comportamento pel”O legado” deixado.

  64. Márcio Rodrigues Junior Says:

    Só existe um presente que pode ser dado a qualquer pessoa, em qualquer ocasião e ser sempre bem recebido. Só existe um presente que não se desvaloriza com o tempo, que jamais fica largo, apertado, fora de moda. Um presente cuja importância é tão grande que jamais é considerado por quem recebe como caro ou barato, pobre ou “Alô Chics” , mas sempre é visto como algo de muito valor. Só existe um presente que oferece um tipo de riqueza que crise nenhuma pode diminuir, ladrão nenhum pode roubar, situação alguma pode desvalorizar. Esse presente é o livro. Quem dá um livro dá a ” Doçura do Mundo” . Dá viagens, aventuras, sorrisos, da um ” Almanaque dos Seriados” lágrimas Dá conhecimento, horizontes, esperanças. Ensina a ganhar dinheiro, investir melhor, a ser um ” Vendedor Pitbull” progredir na carreira ou desprezar tudo isso e ser um ” Carrasco do Amor” . Por tudo isso, não existe um presente que tenha o mesmo significado e a mesma dimensão que um livro. Quem dá ” Memórias de um Livro” está, no fundo, fazendo uma homenagem. Quem lê livros tem” Resistência”

  65. Jaqueline Gregório Agostinho Says:

    “Harry Potter e as Relíquias da Morte” nada sabem sobre a astúcia de “O caçador de Pipas”, que em “12 semanas para mudar uma vida” descobriu “O Código da Inteligência”.

  66. Thiago de Mello Reck Says:

    Em 2008, passei mais do que “90 minutos no céu”, conversando com “O Caçador de Pipas”, ou espiando as travessuras do “Menino do Pijama Listrado”. Também fiquei mais do que “23 minutos no inferno”, envolvido na “Rede de Mentiras” da história de “Brasília – de Cerrado a Capital da República”. Ainda bem que para deixarmos esse “Crepúsculo” e entrarmos na “Cidade do Sol”, existe o bom humor. Nesse “Feliz Ano Velho”, descobri que “Uma Piada Pode Salvar a Sua Vida”.

  67. Aguinaldo de Souza Barros Says:

    Foi uma verdadeira “Odisséia” mas consegui entrar para o “Clube dos Anjos”, isso porque conheci “O vendedor de sonhos” que contou-me “O segredo” para essa conquista. Além de “Comer, rezar, amar” é preciso ter “Inteligência emocional”. Deixo aqui o meu conselho: “Nunca desista dos seus sonhos” e siga “sempre em frente”.

  68. Sílvia Henz Says:

    “A irmazinha” ficou deprimida por não ter nenhum conto no “Os 100 melhores contos brasileiros do século”. Com a “Cuca Fundida” e “Sem plumas” resolveu dar fim na “A brincadeira” e resolveu acabar com aquele “Inferno” “A sangue frio”.

  69. Aguinaldo de Souza Barros Says:

    Sempre me perguntei: “Quem sou eu? E, se sou, quantos sou ?” Sinto-me como “O Pequeno Príncipe”, “Mais feliz que Deus”, levando “Uma vida inventada” “Muito Loge de Casa”.

  70. aline da silva Says:

    Viajando com o /monge e o executivo´/encontramos /o caçador de pipas/ na /cabana/ junto com /a menina que roubava livros/ partimos para /o mundo de sofia.

  71. luis marcelo macedo de souza Says:

    Minha mulher perguntou-me “porque os homens dormem depois do sexo”, disse-lhe que eu não tinha culpa, a culpa era da minha “mente brilhante”. Ela não ficara satisfeita, e para provocar disse-me que eu estava traindo-a, falei que eu tinha direito a um “Advogado”, mas não adiantou e acabei dormindo no “olho da rua”.

  72. GILMARA MOREIRA Says:

    N'”A cidade do Sol” conheci “A Menina que Roubava Livros”, então ela me disse “Marley & Eu” estamos por aqui procurando “O Caçador de Pipas” para que possamos apresentá-lo a” O Pequeno Principe”.

  73. ronaldo75 Says:

    Estava falando com “Tim Maia – Vale Tudo” então procurei “Que Rock é esse?” e eis que meu irmão me diz que “Musicas, idolo e Poder” é tudo que as pessoas procuram, então mando “vamos fazer barulho – uma radiografia de Marcelo D2” que ai a gente acorda o mundo, alias “Cara, cadê meu país?” perguntei ao som “De A-ha a U2”.

  74. Carlos Roberto Gutierrez Says:

    “A Menina que Roubava Livros” encontro-se comigo e começamos a conversar e procurar “O Processo” mais eficaz para conseguirmos manter o hábito da leitura. Qual então é “O Segredo”. Encontramos nas “Memórias de minhas Putas Tristes” livros ofertados pelos seus fregueses intelectuais que elas jamais leram porque elas só tempo de “Comer, Rezar e Amar”

  75. Adriana Souza Dias de Oliveira Says:

    Em uma visita à “Cidade do Sol “, eu me deparei com “A menina que roubava livros”. Ela me disse que procurava por um homem que se intitulava “O Vendedor de sonhos”. Ela queria saber dele “O Segredo” para se livrar de “Cem anos de solidão”. Quando de repente, demos de cara com ele entrando na “Casa dos Budas Ditosos”. Como não pegava bem para uma garotinha entrar num lugar desses, ela preferiu chamar “O menino do pijama listrado” e se refugiar com ele na “A cabana” para juntos “Comer, rezar e amar”!

  76. Ester Moura Says:

    “Eu, Christiane F., 13 anos, drogada e prostituida”, adoro a ediouro, porque só ela transforma nossas “vidas secas” em “103 contos de fadas”, com a ediouro nunca nos sentimos “um brasileiro na china”, por isso, “vale a pena arriscar” nossas “mentes inquietas” nessas promoções.

  77. Claudiney Ribeiro dos Santos Says:

    “O Segredo” para ganhar é ser sincero. Leio por que vivo “Cem anos de solidão”, vivo pra “Comer, rezar, amar”, acredito que sou um “O vendedor de sonhos” e “O Guardião de Memórias” gosto de transmitir energia positiva. Para mim a vida é um”A Divina Comédia”, não vejo “Arte da Guerra” (o caos entre “Anjos e Demônios”), mas como tudo na vida, há “Reparação”

  78. Luciana C.Perroud Says:

    O ano passou rápido demais, nem deu tempo de ver ” O casamento “. Mas sei que foi bonito porque ” Amar pode dar
    certo”, mesmo quando os ” Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus “, sempre sobra ” Tempo de Amar “. Mas pra mim, isso é tudo filosofia, pois ainda estou buscando ” O pequeno príncipe “, mas tudo bem se eu encontrar ” O sapo apaixonado “, pois a minha ” Vovó Delícia ” sempre dizia: – para ser feliz e ter ” Uma boa noite de sono “, só é preciso:” Comer, rezar e amar “.

    pequenopríncipe ” , mas tudo bem se eu encontrar ” O sapo apaixonado “, pois a minha ” Vovó Delícia ” sempre dizia: – para se ter ” Uma boa noite de Sono “

  79. Jessica Kelly Coser Says:

    O ”morro dos ventos uivantes” é um livro pra louco entender, tantas encrencas e maldades que nem eu sei se o “vendedor de sonhos” poderia ajudar com alguma coisa ali. Nem um “eclipse” diminui o amor de heathcliff , mas a verdadeira “lua nova” é a Cathy filha, ela sim foi boa, a sua mãe deveria ir ler “Harry potter e as relíquias da morte” por que era louca e enciumada, pior que bentinho em “dom casmurro”. O amor entre cathy e hareton é um “crepúsculo” na tentaiva da “felicidade clandestina” de Edgar.

  80. Renata Vasques Says:

    Uma das “Primeiras Estórias” que li em 2008 falava sobre “O Pequeno Príncipe” que se apaixonou pela “Menina que Roubava Livros”, mas, como ele não teve coragem de perguntar nem “O Nome da Rosa”, não conseguiu fazer “Uma Declaração de Amor” para ela. Depois disso, ele acabou se tornando “O Homem Revoltado”, ficou por alguns dias em dúvida sobre “Guerra e Paz” e revolveu cometer “Crime e Castigo”. Ele era um homem “Sem Destino” até que apareceu em sua vida “A Moreninha” “Clarissa”, “A Religiosa” que, ao ler para ele “O Evangelho Segundo Jesus Cristo”, o salvou do crime e o livrou dos “Cem Anos de Solidão”. Hoje eles vivem juntos no “Grande Sertão: Veredas”. Essa é “Uma História de Amor com Final Feliz”.

  81. Chirley Araújo Says:

    Minhas duas “Melhores Amigas”, “Lucíola” e “Helena”, queriam que eu contasse onde ficava “O Tesouro da Ilha Doce”, como eu não quis contar “O Segredo”, elas cortaram “Meu Pé de Laranja Lima” que ficava perto d”A Gruta das Orquídeas”. Eu chorei por “Onze Minutos” até aparecer minha “Mãe”, que falou: “Não faça Tempestade em Copo D’água”, “Ana Terra”, “Dias Melhores Virão”.

  82. Marcelo Nakazawa Says:

    “Nas margens do rio Piedra eu sentei e chorei”, juntos “Marley e eu”, ao descobrirmos que perdemos esta promoção por causa de “11 minutos”.

  83. Marcelo Nakazawa Says:

    “Nas margens do rio Piedra eu sentei e chorei”, juntos “Marley & Eu”, ao descobrirmos que perdemos esta promoção por causa de “Onze Minutos”. Chorei tanto que acabei vendo o “Crepúsculo” do dia.

  84. viviane Says:

    Estive com ” a menina que roubava livros” , viajei para “a cidade do sol”, compartilhei a dor com “o guardião de memórias”, tive tempo ainda de “comer, rezar e amar” e cheguei a uma conclusão: para quem ama ler, “o mundo é bárbaro”!

  85. Carol Rodrigues Says:

    “O lobo da estepe” me ensinou que “o paraiso é uma questão pessoal” e que um”amor em minuscula” é possível acontecer, se pararmos e viver uma ilusão como a de “alice no pais das maravilhas”.

  86. Aline Dulce Says:

    “O vencedor está só”, mesmo depois de “comer, rezar, amar”, e agora lá no alto do “mirante”, e passa horas a se preocupar com “o futuro da humanidade”!Será que existe um “segredo” para o futuro melhorar?

  87. clésio reichelm Says:

    Da janela do prédio vejo as pessoas na rua que formam uma verdadeira “vitrine humana”, e me vejo a pensar “para além do bem e do mal”: o que de errado nos aconteceu?Seria insano acreditar que a vida se renova?Que no corpo de um homem pode habitar “uma anjo de quatro patas”?
    Seríamos “híbridos”, mutantes ou qualquer coisa surreal.?
    “O segredo” talvez nunca seja revelado!

  88. Henrique Says:

    Alguns “minutos de sabedora” me bastam para ter “nenhuma certeza” de pensar o “que será que vou ganhar”. Competir (mesmo perdendo) e “ter a coragem para seguir em frente” é a “melhor maneira de viver”.

  89. Stephanie Jorge Says:

    A “Menina que roubava livros”, roubou “Marley e eu” também.Nos sentimos na “Cidade dos Homens”, aonde o menino deveriam estar fora do mundo do crime e ser simplismente um “Caçador de Pipas”.

  90. kazinha lacerda Says:

    “Hell”, “eu não sou cachorro não”! — disse “o apanhador no campo de centeio” depois do grande “slam” que sofreu na pista. Apesar de ser “um grande garoto”, ele ainda não aprendeu que “só as mães são felizes”. Ainda assim, “obrigado por fumar”.

  91. kazinha lacerda Says:

    Em “1808” eu conheci alguns dos “ladrões mais idiotas do mundo” enquanto eu jantava com uma “bonequinha de luxo” e seu amigo “caçador de andróides”. Este senhor interessante jogava “cartas na rua”, alegando que assim, durante “a viagem do elefante”, quando “tudo se ilumina” na madrugada. Ele, “o estrangeiro” segurando “o retrato de dorian gray” nos braços, clamava: “eram os deuses astronautas?”

  92. GIOVANNA PLESSIS CICATELLI SILVA Says:

    “Vencendo o passado”, numa “pequena ilha”, encontrei “o rei da noite” que me mostrou “o caminho do poço das lágrimas” e lá ví “Aliocha”, meu melhor amigo, que me contou “uma breve hístória do mundo.”

  93. GIOVANNA PLESSIS CICATELLI SILVA Says:

    “Vencendo o passado”, numa “pequena ilha”, encontrei “o rei da noite” que me mostrou “o caminho do poço das lágrimas” e lá vi “Aliocha”, meu melhor amigo, que me contou “uma breve hístória do mundo.”

  94. Luciana Maia carneiro Says:

    Travei lutas no ” campo de batalha da mente”, decidi viver “uma vida com propósito”, descansei em “paredes do meu coração”, e aqui estou para contar a experiência de “seis atitudes para ser um vencedor”.

  95. Luciana Maia carneiro Says:

    Em “Eclesiastes” tiro lições excelentes para viver “uma vida com propósito”, e tendo essa vida, posso ser “uma igreja com propósito”!

  96. ANA NATÁLIA PETRUK Says:

    ” A Menina que roubava livros” achava que ” Vale Tudo” para conseguir o que se quer, o que ela não sabia é que para colocar ” A Invisível Máquina do Mundo” pra funcionar, é preciso conhecer ” O Segredo” da vida e muitas vezes, depois de tantas perpécias pode acontecer que ” O Vencedor está Só”.

  97. Maria de Lourdes de Oliveira Says:

    Que em 2009 você tenha um “Admirável Mundo Novo” e descubra “A Ciência de Ficar Rico”, pois este é “O Segredo” por todos mais perseguido, dizem que ele está escondido com “A Menina que roubava livros”!

  98. sanseverini Says:

    Em “1808” fiz uma “Viagem ao Centro da Terra” e por lá descobri que estava “Fora de Órbita” e com a “Olga” acabei “Aprendendo a Jogar Poker”. Mas essas são “As Pequenas Memórias”, acontece com todo mundo e “É Claro que Você Sabe do Que Estou Falando.”

  99. Rafael Marinho Says:

    “As pequenas memórias” que nos deixam “Fora de Órbita”, como minhas “Conversas com Woody Allen”, “Conversas com Almodóvar” e as “Memórias de minhas putas tristes” podem ter me colocado a beira de um “Colapso”. Mas é necessário que se “Aprenda a perdoar” “Menina que roubava livros” n”A cidade do sol” com “O Principe”. Isso aconteceria, como “Assim falou zaratrustra”.

  100. Priscila Says:

    “Porque os homens mentem e as mulheres choram?” é simples de explicar, afinal, quando “Os botões de Napoleão” sumiram quem teve que dar conta de achar foram as mulheres!

  101. André Says:

    A “história da arte” é uma coisa fascinante, ela te joga “muito longe de casa” sem você sair do sofá. Conseguimos enxergar nas “memórias do livro” a evolução que a história sofreu em todos esses anos. Sempre tento contar um pouco dessa evolução para meu filho, aquele “menino de pijama listrado” que vive uma aventura atras da outra com a leitura. eu sinto que nas crianças que tem contato com a literatura, há um “sonho de esparança” dentro de cada uma.

    Bem! A conversa esta muito boa mas agora eu preciso ir, “até mais, e obrigado pelos peixes”, este almoço estava ótimo.

  102. renata alice Says:

    eu li ” o caçador de pipas” fiquei triste,pois sou muito emotiva, o ” ensaio de uma cegueira”, ” a arte da guerra”, o executivo e o monge”, mas o que eu releio é ” o corpo fala” acho super inteligente

  103. Angelina Figueiredo Says:

    Se “O Menino do Pijama Listrado” soubesse que “A Cabana” era um lugar tão legal e que ficava “A Margem Imovél do Rio” , teria trocado seu pijama por uma sunga ,passado “Filtro Solar” e parado de perguntar para a sua mãe:
    – “Quem mexeu no meu queijo”?

  104. maria jose ferreira monte Says:

    Com minha esperteza, usei “O que toda mulher inteligente deve saber”, para não criar “O Castelo de Vidro”, que desmorona neste mundo do “Vale Tudo”, assim “Marley & Eu”, descobrimos na “Lua Nova” que “O mundo é Barbaro”

  105. selma fatima eugenia Says:

    ”O vendedor de sonhos” ”O caçador de pipas” Marley & eu”fomos
    ”A cabana” conhecer ”Os segredos da mente milionária” e encontramos lá ” A menina que roubava livros”foi um encontro e tanto…

  106. joseane caetano fernandes Says:

    O livro de Zibia Gasparetto,” Ninguém é de Ninguém” a vida nesse mundo é passageira, ninguém pertence a esse mundo, muito menos de alguém.

  107. Marcos Bruno Says:

    “O Segredo” para a felicidade é abandonar “O Vale do Medo” e garantir seu amor seguindo “A Lei da Atração”.

  108. Tatiana 'Fênix' Says:

    Deixei minha resposta no tópico da promoção na comunidade do Orkut e gostaria de agradecer pois nunca vi uma promoção dnado um pacotão de livros antes! Parabéns quase infartei vendo o prêmio hahaha

  109. Waldir Castano Filho Says:

    “Os Senhores da Noite” fizeram mudar “Como Vejo o Mundo”, principamente a “Realidade do Conflito Israel-Palestina”. É tanta violência que dá vontade de pegar “A Máquina Infernal do Tempo” e ir visitar “Os Exilados da Capela”. O melhor é esquecer essas coisas e “Ser Feliz”, mas quando lembro do “Testemunho de Um Médico” me pergunto: é mesmo “The Prophesied End-Time?

  110. Marco Says:

    Espero que pelo menos tenham a decência de responder.

    O que falta à Ediouro é vergonha na cara e profissionalismo. Simplesmente parar de lançar os materiais da Pixel sem satisfação ou planejamento é falta de vergonha e profissionalismo. É tratar o leitor que já investiu muito dinheiro como palhaço.

    Se era necessário cancelar, que fosse feito com planejamento, tentando fechar a maioria dos arcos em aberto e não deixando histórias incompletas. O que eu faço com as edições que eu comprei? Posso devolver e pegar meu dinheiro de volta?

    Se não sabem trabalhar, não deviam nem ter tentado.
    Desapareçam e só voltem quando aprenderem a trabalhar

    Abs.

    Marco

  111. João Bezerra da Silva Filho Says:

    A Ediouro se estabeleceu porque tem competência. Parabéns para todos que fazem a EDIOURO.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: