Archive for agosto \25\UTC 2009

O Senhor March – Geraldine Brooks

25/08/2009

capa_srmarchOlá, leitores!

Há pouco tempo eu li (e adorei!) O Senhor March (vencedor do Prêmio Pulitzer de Ficção), da Geraldine Brooks. Depois procurei pela web o que as pessoas disseram sobre esse título. Na mosca! Achei vários blogs que falaram sobre O Senhor March.

Eu li um monte de resenhas. Então, resolvi divulgar uma por inteiro e as outras vou deixar em links pra vocês visitarem.

Quem ainda não conhece o belo site do livro O Senhor March, da Geraldine Brooks, clique aqui.

A resenha sobre O Senhor March é da Lili, autora do blog Nossos Romances.

Sinopse

Resgatando um dos personagens do clássico Mulherzinhas, de Louisa May Alcott, Geraldine Brooks conta neste livro a história do senhor March, marido e pai ausente que vê seus ideais se perderem após vivenciar as sanguinolentas batalhas da Guerra Civil americana. À medida que o Norte sofre uma série de derrotas inesperadas durante o primeiro ano da guerra, o senhor March se vê obrigado a abandonar a família para defender a causa da União. Essa experiência acaba ocasionando uma mudança brusca em seu casamento e em sua vida, e desafia suas mais profundas crenças. Comovente, este romance muito bem entrelaçado adiciona uma reflexão adulta para o romance otimista de Alcott.

Resenha

Ainda não tive oportunidade de ler o clássico As Mulherzinhas de Louisa May Alcott, mas ví sua adaptação cinematográfica de 1997. Adorei o filme! E sempre tive muita curiosidade em saber o que aconteceu com o senhor March na guerra. E para minha grande surpresa, Geraldine Brooks de forma intimista e numa linguagem quase lírica, narra a sua história!

Apesar do tema, o que realmente mais me chamou a atenção foi a escrita envolvente da autora. Apesar do livro ter mais ação do meio ao fim, fiquei completamente maravilhada com o retrato tão real de seus personagens e cenários. Você pode ler cada frase e sentir como se estivesse alí presente, vivenciando as suas diferentes situações…

March é um homem de altos ideais e sonhos inalcançáveis, sempre tentando agir de forma nobre e idealista. Como um capelão, March dirige serviços religiosos e presta assistência espiritual em corporações militares. Mas, o que ele encontra na guerra não era definitivamente o que esperava… March não imaginava o que era a guerra afinal e foi inevitável as dores da desilusão.

Geraldine Brooks nos dá um vislumbre de alguns aspectos pouco conhecidos da guerra, além do movimento abolicionista, propugnando pela extinção do tráfico e da escravatura dos negros. Não tem como o leitor não se emocionar com a luta de seus personagens pela tão estimada liberdade e também pela paixão na reforma educativa, querendo usufruir os direitos humanos entre todas as raças, sem exceções.

Umas das cenas mais tocantes neste romance envolvem a educação. Onde March é enviado pela União, a propriedade Oak Landing, para iniciar uma escola para os escravos libertados em uma antiga plantação. Cito agora um trecho que o senhor March escreve para sua esposa Marmee de seus alunos:

“Estamos por demais acostumados a julgar a mente de um homem de acordo com sua educação formal; vejo aqui, porém, que há muitas outras medidas. Sem jamais ter tido acesso à instrução dos livros, eles forçosamente desenvolveram outras habilidades. A acuidade visual deles é notável e sua memória, prodigiosa.”

Fiquei encantada com a escrita rica e proficiente de Geraldine Brooks. A autora torna flexível a fronteira entre realidade e imaginação, dando também a cada personagem do romance uma textura diferente e singela. É sem dúvida um romance histórico muito bem pesquisado e cuidado. Recomendo vivamente!

E se você ficou curioso para saber mais sobre o livro, indico o seu site oficial. Lá, você poderá ler o primeiro capítulo e tirar suas próprias conclusões – http://www.osenhormarch.com.br/

Outras resenhas:

É isso, pessoal. Não deixem de conferir as outras opiniões!

Spike – Você vai se apaixonar

18/08/2009

capa_spike

Quem gosta de histórias sobre animais de estimação não pode deixar de ler o livro do lindo labrador preto chamado Spike – Você vai se apaixonar.  A autora Gisele Martins Neis conta como esse cãozinho é especial e detalha momentos divertidos e inesquecíveis com o Neguinho.

É um livro supimpa. Devorei em um final de semana. E não foi só eu: a Rachel desse blog aqui também é uma leitora voraz. Confira no blog a resenha que ela fez sobre o livro Spike – Você vai se apaixonar.

A outra boa notícia vem agora:

No próximo dia 22 de agosto (sábado), Gisele e Spike estarão em SP numa tarde de autógrafos, na Livraria da Cultura – shopping Villa-Lobos, de 16h às 18h30. Vocês não podem perder o autógrafo que o Spike dá nos livros. É demais! Eu vi no blog da autora uma foto da pata dele carimbada em um exemplar. Vê se pode? 🙂

Bom, se você gostou das boas novas, não deixe de conferir o site do livro. Se lembrou de alguém que também vai adorar ler Spike –  Você vai se apaixonar, conte agora mesmo. E se estiver em SP, é melhor chegar cedo na tarde de autógrafos. A fila pra ver esse cãozinho é grande!

Esse é o convite com todas as informações:

convite

É isso, pessoal. Espero que tenham gostado da dica. Vou nessa que tô cheio de livros novos pra ler. Conto em breve, claro. 🙂

Cristal na Veia – Memórias de uma viagem pelo mundo das drogas

17/08/2009

cristal na veiaTenho que confessar para vocês: tenho um vício na minha vida. Ocupo boa parte do meu dia saciando esse meu desejo incontrolavel. Ainda bem que ele só traz me traz benefícios como conhecimento, diversão e cultura. Sou viciado em livros! 😀

Infelizmente nem todo mundo tem um vício saudável como o meu. Muitas pessoas estão acabando com suas vidas devido o uso de drogas pesadas como cocaína, heroína e cristal.

Com a intenção de evitar que mais jovens caiam nessa cilada, Nic Sheff, um ex-usuário das drogas citadas acima, escreveu um livro contando sua história. Em Cristal na Veia, ele conta todas as dificuldades que ele teve que passar para sustentar o vício e, sem nenhuma censura, todas as mazelas que as drogas lhe causaram. O livro é tão bom que ficou 50 semanas na lista dos mais vendidos do New York Times!

Entrando nessa onda de conscientização, convidei algumas pessoas para participar de uma blogagem coletiva sobre o tema. O que será que eles pensam sobre as drogas? Acompanhe no blog http://cristalnaveia.wordpress.com

Lançamento do livro Woodstock, com Arthur Dapieve e Jamari França.

14/08/2009

[Hipie mode on] Pô biiiiiicho, tô aqui curtindo a maior vibe, mas vou dar uma paradinha pra espalhar a energia da leitura pelo mundo [Hipie mode off].

capa_woodPessoal, estou lendo um livro que tem me feito viajar para 1969, bem no meio dos hipies, um pessoal muito gente boa, aliás. É o Woodstock, do DJ e jornalista americano Pete Fornatale.

Pete, revive tudo o que rolou no palco e fora dele naqueles 3 dias e rock, paz e amor.  Ele entrevistou várias pessoas que viveram o festival, como críticos, o pessoal da produção, público e artistas. Olha só essa história o que um espectador conta sobre a Janis Joplin, lá pelo meio do livro:

“Um helicóptero desceu atrás do palco e dele saiu Janis Joplin e uma amiga. Corri para as latas de lixo, peguei uma garrafa de champanhe e ofereci para ela. Ela deu um sorriso doce e disse, “Não, obrigada, larguei esse troço””

Santana_Hendrix_Janis

Lendas de Woodstock: Jimi Hendrix, Janis Joplin e Santana

E na próxima terça tem o lançamento oficial do livro. Imperdível:
Conversa sobre Woodstock com Arhur Dapieve e Jamari França, na 3ª feira, 18 de agosto, 19h.

Eles sabem tudo sobre Woodstock. Desconfio que eles foram no festival e não lembram, hehehe.

Vai ser na Livraria Argumento, na rua Dias Ferreira, 417, no  Leblon, RJ. Não paga nada para assistir, mas as vagas são limitadas.

Imperdível esse evento. Eu vou lá com o modo “tiete” ligado e tento postar aqui uma foto com o Dapieve e o Jamari.

Quer saber mais sobre Woodstock? Acesse www.woodstockolivro.com.br.

Paz e Amor pra você, bicho.

Resultado da promoção do Dia dos Pais

10/08/2009

capa_

Boa tarde, pessoal. Como foi o Dia dos Pais? Eu espero que tenha sido um dia daqueles. Eu abracei meu velho e beijei a careca dele. Divertido!

Bom, vamos ao resultado da promoção? Quem ganhou o livro De Volta pra Casa do John Grogan, respondeu assim:

“Crescendo, é o nome do primeiro capítulo.
Meu pai merece ganhar esse livro porque acho que, no fim das contas, nunca consegui dar valor pra toda luta que ele enfrentou pra me criar. Se sou o que sou hoje é graças a meu pai e, não por eu ser muita coisa mas pelo trabalho que eu dei, acho que ele merece um agrado. Afinal, o meu pai é o melhor pai do mundo! Além disso ele foi pai e mãe por um tempo e me indicou o caminho da literatura que hoje eu trilho com muito prazer.”

Elia, você me emocionou. Por isso, você é o vencedor! Manda seu endereço completo para o email oleitorvoraz@gmail.com – para ganhar seu livro. Parabéns!

Pessoal, valeu pela participação e fiquem por aqui: sempre tem novidades e promoções pra vocês.

Aquele abraço!

Promoção Dia dos Pais

05/08/2009

capa_Eita dia especial. É o dia do nosso herói. É o dia daquele cara que faz a gente acreditar que pode desbravar o mundo todo. Que pode ser jogador de futebol, astronauta e bombeiro ao mesmo tempo – tudo ao mesmo tempo! Rá! Demais! Meu pai é assim. Além de me passar bons valores, foi ele quem me ensinou a ter esse hábito supimpa de ler. Nesse dia dos pais eu vou sufocar o velho. Aproveitar que não dá pra fazer isso sempre.

Em homenagem a esse dia, vou sortear o novo livro do John Grogan. ‘De Volta para Casa‘ é uma biografia cheia de valores. Iguais aos que a gente aprende com nossos pais. Além de ser agradável ler a escrita do autor, você vai se divertir com as histórias da infância dele. Muitas vezes eu ri lendo esse livro.  É um título que conta todas as fases que John passa até conhecer Jenny, quando dá início a sua própria vida e sai da casa dos pais. Valores, diversão e emoção é o que você vai achar ao ler ‘De Volta para Casa‘. Eu acho esse autor muito bom. Por isso que li Marley e eu (John Grogan é o autor de Marley e eu, mas esse livro não fala de cachorro, tá?)

Espero que você goste, seu pai, sua mãe, seus amigos, seu chefe, a tia do café, todo mundo. 🙂

Bom, vamos lá? Para participar vá até o site do livro e responda: Qual é o nome da Primeira Parte? Nascendo, crescendo, envelhecendo, morrendo ou bebendo? Depois volte aqui com a resposta e junto escreva porque seu pai merece ganhar esse livro (tudo bem, eu sei que vão é pegar o livro pra vocês!). Responda tudo em um tópico só, com um email válido. A promoção será encerrada na próxima segunda-feira, dia 10 de Agosto, às 10h da manhã e o resultado sai no mesmo dia às 14h.

Boa sorte!!!

Que meninas ousadas!

04/08/2009

Nooooossa, acabei de assistir o bate-papo de 3 gatas que se reuniram para falar sobre sexo, ciúmes e traição. O resultado ficou beeem interessante.

Você deve estar se perguntando o que isso tem a ver com literatura, certo? É que o debate foi inspirado no livro A Outra Vida de Catherine M, da editora Agir. A obra conta a história da autora, Catherine Millet, uma conhecida crítica de arte francesa que pratica orgias (ai, fiquei vermelho agora) e ao mesmo tempo morre de ciúmes do marido. Vai entender…

Quem curte biografias e histórias de sentimentos conflitantes vai gostar. Ainda mais se ganhar o livro de presente não é? Então se liga porque estão rolando DUAS PROMOÇÕES em blogs de amigas: o Outras Estórias e o Sexo na Ponta da Língua.

Uma dica: assista aos 2 vídeos do debate. Eles vão ajudar você a refletir e responder as promoções. O primeiro está aqui:

A continuação desse debate está no site do livro: www.aoutravidadecatherinem.com.br. Acessa lá!