Archive for janeiro \11\UTC 2010

Dicas quentes de leitura para o verão.

11/01/2010

Imagina o cenário: mar calminho, sol da manhã e água de coco. Você na sua cadeira de praia, lendo um bom livro, aproveitando o verão… Bom, né? Só não esqueça de levar o guarda-sol e o protetor solar, caso contrário você pode ficar como estou agora: torrado.

Eu adoro o verão. Aqui no Rio a tentação de ir à praia em plena segunda-feira é grande. Quando passo pela orla, tenho vontade de ficar por ali mesmo. Mas como não posso, programo para o final de semana e levo junto meus livros, claro.

Uma coisa que reparei nesse fim de semana foram pessoas que também estavam lendo. E não era aquela revista que vem no jornal não, eram livros mesmo! Será que isso vai ser uma tendência? Porque, pensa só, o “choque de ordem” proibiu o frescobol, o altinho e a maioria dos ambulantes que antes passavam gritando, atrapalhando nossa leitura. Aposto que se fizerem uma pesquisa vão descobrir que tem mais gente lendo livros. #ficadica

Aí surgiu a ideia de sugerir alguns títulos para o seu verão. A tendência sendo essa ou não, o importante é ler, ler e ler! E, eu sei que é para isso que você vem até o blog. Pra conferir boas dicas de leitura, não é? Então lá vai:

O Seminarista – Rubem Fonseca é um dos meus autores preferidos para ler em qualquer lugar. Seu último livro é tão envolvente que dá pra ler todo em um único dia de sol (mas não esqueça de reforçar o protetor de vez em quando).

O Albatroz Azul – Outro de meus preferidos: João Ubaldo Ribeiro. Adoro viajar em suas histórias junto com seus personagens. Esse livro e o barulho das ondas vão fazer você se sentir em uma praia laaaaaaaa na ilha de Itaparica.

Vasco. A Cruz Do Bacalhau – Dizem que domingo sem futebol não é domingo. Mas para mim, que sou um perna-de-pau nato, futebol só se for assim: a história de um grande time brasileiro contada por Aldir Blanc, um craque das letras.

Almanaque do Cinema – Eu já era fã dos caras do Omelete e depois desse livro, onde eles fazem um passeio pela história da sétima arte, fiquei mais fã ainda. Gente, cinema na praia é a maior diversão.

É tudo mais ou menos verdade – Olha, eu não consigo imaginar o Alan Sieber na praia não. Só se for na sombra de um quiosque, com um chope, um cigarro (arg) e o humor sarcástico que faz os seus quadrinhos serem deliciosos.

Mulheres Cheias de Graça – Lá vão elas cheias de graça a caminho do mar. E eu, que sou tímido, vou ficar na minha barraquinha lendo os contos do Padre Fábio de Melo. Sempre leves, otimistas, revigorantes como um mergulho .

Spike – Eu amo os animais, mas cachorro na praia só pode se for assim: em uma linda e leve historia, cheia de amor e peripécias caninas.  Aliás, nossos cachorros são muito mais fofuchos que os deles.

Copacabana – Essa HQ se passa no submundo de Copacabana e é meio pesada para um Garoto bonzinho como eu. Quem é fã dessa praia maravilhosa durante o dia, vai descobrir tudo o que acontece em suas esquinas durante a noite.

As Aventuras da Blitz – Li e gostei tanto que até baixei as músicas da banda para ouvir. São superdivertidas! Se eu fosse você, enchia o MP3 de Blitz, vestia o calção de banho ou o biquíni de bolinha amarelinha e embarcava nessa viagem até o verão de 1982.

É isso. Espero que gostem.